RITIDOPLASTIA: CONHEÇA A CIRURGIA DA FACE

Ter um rosto com aspecto envelhecido é como um pesadelo para muitas mulheres e até para os homens. Algumas pessoas aparentam não ter a idade que realmente têm. Também há casos em que a pessoa está envelhecendo, mas não aceita isso. Seja qual for o motivo do problema, o fato é que muitos optam pelo rejuvenescimento facial através de cirurgias. Para muitos casos, a ritidoplastia é uma boa opção. Ela não serve somente para o rosto, mas também para a região cervical (pescoço). Pode ser feita em todo o rosto ou somente em determinadas áreas, ficando a critério do paciente e do cirurgião ver qual é a melhor opção para o caso.

A cirurgia

Quando alguém opta por fazer a ritidoplastia para ter uma melhor aparência, um dos primeiros passos a ser tomado é fazer uma consulta com o cirurgião plástico a fim de dizer o que pretende e tirar dúvidas. É necessário que o paciente compreenda que com esta cirurgia não é possível fazer com que alguém aparente ser muitos anos mais jovem do que realmente é. Esta é uma ideia errada que pode acabar decepcionando muitos após a realização. Na operação, através de incisões, o excesso de pele é retirado. As cicatrizes provocadas pelas incisões, normalmente, ficam bem escondidas. A duração é de aproximadamente 3 horas.

Pós-operatório

Qualquer dor que possa aparecer no pós-operatório pode ser minimizada com analgésicos, mas, normalmente não dói tanto. Logo após a realização da ritidoplastia, o paciente precisará ficar internado, podendo variar entre 12 a 24 horas. É importante que, quando o paciente estiver em casa, passe a maior parte do tempo sentado ou em pé, pois isto fará com que o inchaço diminua. A lavagem dos cabelos só pode ser feita após três dias, quando os curativos são retirados. Após três meses já é possível visualizar os resultados.

2017-08-24T14:53:57-03:00