CORREÇÃO DA ORELHA DE ABANO

Assim como o nariz, as orelhas são parte importante do corpo humano. Muitas pessoas buscam sempre a “perfeição” para seu corpo, neste caso as orelhas de abano podem atrapalhar bastante. Algumas até colocam o cabelo por cima para disfarçar, mas esta não é a opção mais eficaz. Para corrigir este problema pode ser feita a otoplastia, que é a cirurgia de correção da orelha de abano. O ideal é que as orelhas possuam um tamanho que seja proporcional ao rosto. Não importa se é um homem ou uma mulher, o fato é que orelhas assim chamam bastante à atenção, que é exatamente o oposto do que deveria ser.

A otoplastia

A correção da orelha de abano pode ser feita até por crianças a partir dos seis anos, evitando problemas para o desenvolvimento delas por causa de bullying. A anestesia utilizada na otoplastia é geralmente local com sedação. Antes de tudo, o cirurgião marca os locais onde serão realizadas incisões. Depois é retirada a cartilagem que está em excesso e a orelha é remodelada. O procedimento cirúrgico costuma durar em torno de 1 hora.  Um curativo é feito nas orelhas, que deve permanecer lá por três dias. O paciente pode ter que ficar internado por até um dia, mas isso não ocorre em todos os casos.

O que fazer depois da operação?

O paciente deve ficar sem praticar alguns esportes, como o futebol e o vôlei, por cerca de três meses após a correção da orelha de abano. Isto é bastante importante para evitar problemas no local da operação. Uma lesão no local pode comprometer a cirurgia e fazer com as orelhas de abano voltem. É comum que apareçam inchaços, contudo eles logo devem sumir. Deve ser evitado sair no sol e fazer exercícios por 30 dias após a operação. Depois de 90 dias já dá para ver os resultados.

2017-08-24T14:55:04-03:00